Entre em contato com o blog Paiçandu Avante - Email: avantepaicandu@gmail.com



terça-feira, 25 de setembro de 2018

Revista Veja pesquisa IBOPE - Bolsonaro perde para todos os candidatos mais bem colocado e só empataria com Marina no 2º turno

Bolsonaro perde para Haddad, Ciro e Alckmin no 2º turno, diz Ibope


Único candidato com quem o deputado federal empata é Marina Silva. No levantamento anterior, Jair Bolsonaro empatava com todos adversários

A pesquisa Ibope divulgada no início da noite desta segunda-feira, 24, também testou junto aos eleitores quatro cenários para o segundo turno da disputa presidencial, envolvendo os nomes de Jair Bolsonaro (PSL), Fernando Haddad (PT), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede).

Se no levantamento anterior, divulgado na terça-feira 18, o líder das intenções de voto no primeiro turno, Bolsonaro, empatava com Haddad, Ciro, Alckmin e vencia Marina, na pesquisa de hoje o candidato do PSL perde para o petista, para o pedetista e para o tucano, e empata numericamente com a candidata da Rede.

Quando o adversário é Fernando Haddad, Jair Bolsonaro é derrotado por 43% a 37%, com 15% de brancos e nulos e 4% de indecisos. Na pesquisa da semana passada, ambos tinham 40% da preferência.

Em um cenário que opõe o capitão reformado do Exército a Ciro Gomes, o pedetista vence por 46% a 35%, com 15% de brancos e nulos e 4% de indecisos. No Ibope anterior, a projeção era de 40% para Ciro e 39% para Bolsonaro.

Contra Geraldo Alckmin, Jair Bolsonaro é derrotado por 41% a 36%, com 20% de brancos e nulos e 4% de indecisos. Na pesquisa do último dia 18, ambos empatavam em 38%.

Jair Bolsonaro e Marina Silva empatam, com 39% para cada. Brancos e nulos somam 19% e indecisos, 4%. No levantamento anterior, Bolsonaro tinha 41% e Marina, 36%.

Os cenários desfavoráveis a Jair Bolsonaro no segundo turno podem ser explicados pelo alto índice de rejeição dele entre os eleitores, variável relevante na definição de voto na parte decisiva da eleição, quando a escolha por exclusão ganha força. O deputado é rejeitado por 46% do eleitorado, número que era de 42% na semana passada.

O Ibope ouviu 2.506 eleitores em 178 municípios, entre os dias 22 e 23 de setembro. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR-06630/2018.



25 de setembro

25 de setembro é o 268.º dia do ano no calendário gregoriano (269.º em anos bissextos). Faltam 97 para acabar o ano.

Datas Comemorativas
Dia do Rádio
Dia Mundial dos Farmacêuticos
Dia Estadual do Estagiário
Dia Latino-Americano de Luta contra a Coqueluche
Fim da semana Nacional do Trânsito

Dia Nacional da Radiodifusão
comemorado extra-oficialmente por brasileiros, para marcar a data do nascimento do Médico legista, professor, antropólogo, etnólogo, ensaísta e pioneiro do Rádio brasileiro, Roquete Pinto, que veio ao mundo em 25 de setembro de 1884, e que é considerado o "Pai da radiodifusão" no Brasil, por ele haver convencido a Academia Brasileira de Ciências a comprar os equipamentos de transmissão de Rádio que haviam sido demonstrados por norte-americanos durante a grande feira internacional de 1922 na cidade brasileira do Rio de Janeiro-RJ, o que possibilitou a inauguração da 1ª rádio brasileira com o nome de Rádio Sociedade do Rio de Janeiro [atual Rádio MEC ou Rádio Ministério da Educação e Cultura].


Dia do Falecido Indigente 
comemoração não confirmada, que teria sido instituída por Universidades brasileiras de Medicina/anatomia e correlatas, dentro de homenagens prestadas aos corpos humanos objetos de estudos nas aulas de anatomia por acadêmicos de Medicina da Europa [principalmente franceses e alemães], a partir de idéia que teria sido trazida para o Brasil, por Pereira Guimarães da antigaFaculdade de Medicina do Rio de Janeiro [hoje Faculdade Nacional de Medicina].

:Dia Internacional de conscientização sobre a Ataxia 
Essa data comemorativa internacional tem por fim, esclarecer o público em geral sobre esse distúrbio chamado ataxia, que reflete uma condição de falta de coordenação dos movimentos, podendo afetar a força muscular e o equilíbrio de um animal, e que afeta também os seres humanos.
A ataxia normalmente está associada a uma degeneração ou bloqueio de áreas específicas do cérebro e cerebelo [responsável por uma série de comandos centrais com papel de destaque na elaboração, aprendizagem e execução da motricidade], o que pode resultar principalmente na disartria, na dismetria e na tão característica marcha ebriosa, como se o doente estivesse bêbado.:
Existem inúmeras causas para ataxias, incluindo causas pré, peri ou pós natais, e podendo ocorrer de formas isoladas ou simultâneas, de formas agudas ou crônicas. As principais causas da ataxias podem ser:
maformação fetal;
sangramentos maternos;
hereditária;
traumatismo craniano;
demência vascular;
"Doença de Machado-Joseph";
toxinas (como metil mercúrio);
drogas (inclusive abuso de álcool e maconha);
hipotiroidismo;
encefalite;
30+ Greys de radiação;
deficiência de vitamina B12;
distúrbio na bomba de sódio-potássio; e
hipersensibilidade a glúten


Dia Latino-Americano de Luta contra a Coqueluche (Tosse-Comprida)
Comemoração instituída pela Fundação Panamericana de Saúde e Educação ou "Fundación Panamericana de la Salud y Educación", a partir da iniciativa América Latina sem Coqueluche ou "América Latina sin Pertussis", tendo por fim conscientizar sobre a gravidade da tosse-comprida para crianças menores de 6 meses de idade, com um apelo a todas as mulheres grávidas, Mães em período pós-parto, ao pessoal da área da saúde em geral e a todos os adultos que tenham contatos freqüentes com crianças, que se vacinem contra a Bordetella pertussis ou da B. parapertuss, visto que uma pesquisa publicada numa revista científica de enfermidades pediátricas infecciosas, apontava então a evidência de que os pais, irmãos, avós e cuidadores em geral são os principais focos de infecção para os lactantes, não bastando por isso vacinar os bebês a partir dos 2 meses de idade, e sendo indispensável que os adultos próximos dos nenês recebam também uma dose de reforço da vacina, para que se possa evitar as inúmeras mortes de crianças pequenas, por causa da tosse-comprida.

Fatos e Eventos Históricos
1935 - Assis Chateaubriand inaugura em a PRG-3, Super Rádio Tupi do Rio de Janeiro.A Tupi foi inaugurada no dia 25 de Setembro de 1935, com a presença do inventor do rádio, Guglielmo Marconi que, dez dias antes, havia irradiado o primeiro programa musical com uma orquestra de 120 vozes, que cantou o hino nacional e foi regida pelo maestro Villa Lobos. O apelido da rádio era "Cacique do ar", e tinha por seu prefixo inicial a PRG-3, ou simplesmente, G-3.
1991 - O então presidente brasileiro Fernando Collor de Mello institui o horário de verão em parte do território nacional.
1998 - Reinauguração do Museu do Café do Brasil.

Santo do dia
São Firmino de Amiens

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Enquanto isso na Suíça...


Um pedreiro, ganha por mês, em média, 5,5 mil francos (R$ 24 mil), um marceneiro, 5,1 mil francos (R$ 22,2 mil) e um mecânico, 5,8 mil (R$ 24,9 mil). Nessas mesmas profissões, a média salarial no Brasil é de R$ 1.640 para pedreiros, R$ 1.550 para marceneiros e R$ 1.530 para mecânicos de automóveis.

O curso básico de aprendizagem de formação para pedreiro, marceneiro e mecânico dura dois anos na Suíça. É possível também estudar por três a quatro anos e receber uma qualificação avançada nessas profissões, o que garante um salário ainda maior.

Leia mais sobre esse assunto na Matéria da BBC Brasil cujo titulo da manchete é:
As lições para a Educação do país em que pedreiros estudam por até 4 anos e ganham salários de R$ 20 mil

Charge do Amarildo

              Fonte Blog do Amarildo

Só Até nessa sexta 28/09

Termina nesta 6ª o saque de cotas do PIS/Pasep para todas as idades.

Benefício é pago a servidores cadastrados no fundo até 4 de outubro de 1988 e que não tenham sacado valor anteriormente

Mais Informações clique em R7 NOTÍCIAS

O Amor

Se eu tivesse o dom de falar em outras línguas
Sem tê-las aprendido,
E se pudesse falar em qualquer idioma
Que há na terra e até no céu,
Mas, não tivesse amor, as minhas palavras,
Seriam como o barulho de um gongo
Ou o som de um sino
Poderia ter o dom de anunciar mensagens de Deus,
Ter todo o conhecimento,
Entender todos os segredos e ter tanta fé,
A ponto de tirar as montanhas de seus lugares,
Mas, se não tivesse amor, eu não seria nada
Se eu desse aos pobres tudo o que tenho
E até entregasse o meu corpo para ser queimado,
Mas, não tivesse amor, isso não teria valor algum
O amor é muito paciente e bondoso
O amor não é ciumento, nem orgulhoso, nem vaidoso
Não é arrongante, nem egoísta
Não se irrita, nem fica magoado
O amor não se alegra com a injustiça
Mas fica feliz com a verdade
Ele nunca desanima e suporta tudo
Com fé, esperança e paciência
O AMOR É ETERNO...

Há mensagens espirituais, mas durarão pouco
Existem dons de falar em línguas estranhas,
Mas acabarão logo
Há conhecimento, mas terminará também
Pois os nossos dons de conhecimento
E as nossas mensagens espirituais
Existem somente em parte
Mas, quando vier o que é perfeito,
Então o que existe em parte será extinto
Quando eu era menino, a minha maneira de falar,
De sentir e de pensar, era de menino
Agora que já sou homem,
Não tenho mais essas coisas de menino
O que agora só podemos ver e compreender
Um pouquinho de Deus
Como se estivessemos observando seu reflexo
Num espelho muito ruim
Mas chegará o dia
Quando o veremos integralmente face a face...

Tudo o quanto sei agora é obscuro e confuso
Mas depois verei tudo com clareza
Tão claramente
Como Deus esta vendo agora mesmo,
O interior do meu coração
Agora pois permanecem três coisas:
A fé, a esperança e o amor
Porém a maior delas é o amor!

24 de setembro

24 de setembro é o 267.º dia do ano no calendário gregoriano (268.º em anos bissextos). Faltam 98 para acabar o ano.

Datas Comemorativas
Iníco da Semana do voluntariado no Paraná
Início da semana da Paz no Paraná
Dia da Mata Ciliar
Dia do Softbol
Dia do Mototaxista SP

Fatos Eventos Históricos
622 - Maomé chegou a Medina, fugindo da perseguição em Meca. A "hégira" marca o início do calendário muçulmano.
1890 - Os mórmons abandonam o hábito da poligamia
1988 - O norte-americano Ben Johnson bate o recorde dos 100 metros rasos nos Jogos Olímpicos de Seul. Porém, o tempo de 9,79 segundos é impugnado pelo COI por causa do escândalo de doping envolvendo o atleta.
2004 - Escândalo do mensalão: Jornal do Brasil publica o artigo Miro denuncia propina no Congresso.

Santos do Dia
Dia de São Gerardo Sagredo
Dia de Nossa Senhora das Mercês.

sábado, 22 de setembro de 2018

22 de setembro

22 de setembro é o 265.º dia do ano no calendário gregoriano (266.º em anos bissextos). Faltam 100 para acabar o ano.

É o dia do equinócio de setembro, quando começa a primavera no hemisfério sul e o outono no hemisfério norte.

Datas Comemorativas
Dia Internacional de Conscientização sobre a Leucemia Mielóide Crônica
Dia Mundial pelo Fim Da Crueldade Animal
Dia da "Família na Mesa" comemorado em Porto Rico.
Dia Mundial Sem Carro
 Dia na cidade sem meu carro no PR
Dia do Cuidador de Idoso- SP
Dia do Rio Tietê
Dia Nacional da Defesa da Fauna
Dia do Contador
Dia do Amante
Dia Mundial do Rinoceronte
Dia da Banana
Dia Nacional da Yoga
Dia da Web
Ronaldo fenômeno completa hoje 42 anos


Dia Internacional de Ação contra o Fracking  comemoração de ambientalistas, contra a "fratura hidráulica", uma técnica de extração de gás e petróleo do subsolo, que consiste na injeção de água e outros componentes para facilitar a perfuração.

Dia Nacional de Luta Contra a Ditadura - comemoração instituída em 1966 no Brasil pelo 28º congresso da UNE [União Nacional dos Estudantes], congresso esse, que foi realizado na cidade brasileira de Salvador-BA, mesmo com a ferrenha proibição de dirigentes do Golpe Militar brasileiro de 1964.

Dia Nacional de Combate à Halitose ou Mau Hálito. - om o apoio da ABPO ABHA (Associação Brasileira de Halitose), um mau que se estima atingir mais de 30% dos brasileiros, cujas principais causas estão na cavidade bucal, entre elas, a saburra lingual (parte esbranquiçada no final da língua), as doenças gengivais e os cáseos amidalianos (massinhas semelhantes à saburra lingual, só que nas amídalas), podendo ainda ser causada por alterações salivares, deficiências nutricionais, carências de vitaminas e pelos tipos de alimentos ingeridos.

Dia mundial do Rinoceronte  comemoração criada em 2010, com o fim de chamar à atenção para o perigo de extinção total dos Rinocerontes, visto que hoje em dia existem apenas cinco espécies: duas na África e três na Ásia, sendo que as principais causas apontadas para a extinção da espécie, passam pela perda do habitat natural e pela caça furtiva em busca dos valiosos chifres dos rinocerontes, que também são largamente utilizados nos tratamentos da medicina tradicional chinesa, principalmente no Vietnã.

Dia Nacional da Saúde de Adolescentes e Jovens comemoração do Brasil, que também é conhecida como "Dia Nacional da Juventude", e que foi definida em outubro de 2008 durante o "Seminário Nacional de Saúde de Adolescentes e Jovens", tendo sido organizada desde então pelo ministério brasileiro da Saúde, com o fim de preparar os profissionais da saúde e conscientizar sobre o atendimento dessa população, que costuma ter resistência de ir ao médico e medo de ser criticada, porque a relação entre serviços, profissionais de saúde e adolescentes e jovens deve ser pautada pelos princípios de respeito, autonomia e liberdade, conforme prescrito no "Estatuto da Criança e do Adolescente" e pelos códigos de ética das diferentes categorias envolvidas nessa relação, sendo que os adolescentes e jovens têm de ser respeitados como sujeitos de direito, capazes de escolhas saudáveis e responsáveis, devem poder ser atendidos sozinhos, caso desejem, e devem ter a garantia de que as informações obtidas no seu atendimento não sejam repassadas aos seus pais e/ou responsáveis, nem mesmo aos seus pares, sem a sua concordância explícita, sendo indispensável a informação ao adolescente sobre as situações que requerem a quebra de sigilo, quando houver risco de vida para ele ou outros.

Fatos e Eventos históricos
Em 1928, o médico e bacteriologista britânico Alexander Flemin descobriu a Penicilina, a partir da combinação de diversas espécies de fungos do gênero Penicillium. O medicamento foi o primeiro antibiótico usado contra a Pneumonia e a Tuberculose, doenças que na década de 30 eram consideradas incuráveis.
1950 - O diplomata Ralph Bunch tornou-se o primeiro negro a ganhar o Prêmio Nobel da Paz. Ele participou das negociações de paz entre árabes e israelenses.
1964 - Uma campanha de moralização nas escolas de São Paulo impôs o corte de cabelo aos alunos, proibiu o uso de calças de bocas estreitas e cores chamativas.
1976 - A Aliança Anticomunista Brasileira seqüestrou, espancou e ameaçou de morte dom Adriano Hipólito, bispo de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro.
1977 - Policiais invadiram o campus da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo com bombas de gás e cassetetes para dissolver uma reunião entre universitários de várias instituições para reorganizar a União Nacional dos Estudantes, colocada na ilegalidade pelo Regime Militar. Foram cerca de 900 estudantes levados para o Batalhão Tobias Aguiar. Os fatos motivaram a volta de Dom Paulo Evaristo Arns, Grão-Chanceler da PUC-SP. Ele estava em Roma e protestou: "Na PUC só entra quem prestou vestibular. E só entra para ajudar o povo, não para destruir as coisas".
1988 - O Congresso Nacional aprova o texto definitivo da nova Constituição brasileira.

Santo do Dia
Dia de São Maurício



quinta-feira, 20 de setembro de 2018

20 de Setembro


20 de setembro é o 263.º dia do ano no calendário gregoriano (264.º em anos bissextos). Faltam 102 para acabar o ano.

Datas Comemorativas
Dia do Engenheiro Químico
Dia do Funcionário Municipal
Dia do Software Livre
Dia do Coletor de Lixo - SP
Dia do Papeleiro - SP
Dia Estadual da Capoeira e Ofício dos Mestres - PR
Dia Estadual do Trabalhador na Indústria da Construção Civil - PI

Dia do Gaúcho. O dia 20 de Setembro é considerado dia do gaúcho. Isso pelo fato de que em 20 de Setembro de 1835 foi o início da Revolução Farroupilha que teve a duração de 10 anos e no dia 28 de Fevereiro de 1845 com a assinatura do acordo de Paz de Poncho Verde, em Dom Pedrito, quando o grande chefe farroupilha Davi Canabarro afirmou: “Acima de nosso amor à república, está nosso brio de brasileiro”.

Dia da Sociedade Esportiva Palmeiras - comemorado por palmerenses, para marcar a data da alteração do nome do clube paulistano de futebol fundado por italianos [que até então fora "Societá Sportiva Palestra Itália"], ocorrida em 20 de setembro de 1942, no cumprimento de uma exigência das autoridades brasileiras, face às implicações da 2ª Guerra Mundial, visto que a Itália havia se aliado aos nazistas de Hitler, que então eram combatidos pelo Brasil.

Dia do Pombo da Paz. Na mitologia cristã e na judaica, um pombo branco é um símbolo da paz. Isso vem do Antigo Testamento: um pombo teria sido solto por Noé depois do dilúvio para que ele encontrasse terra. O pombo então volta carregando um ramos de oliveira em seu bico e Noé constata que o Dilúvio havia baixado e que novamente havia terra para o Homem. (Gênesis 8:11). Isso simbolizava que Deus havia terminado a sua "guerra" contra a humanidade. O aparecimento do arco-íris (Genesis 9:12-17) ao final da história do Dilúvio também representa a paz, por onde Deus direciona o seu "arco" contra si mesmo, um antigo sinal de cessão de hostilidade. O tema também pode representar a "esperança pela paz" e até mesmo a oferta de um homem a outro, como na frase "estenda um ramo de oliveira". Comumente, o pombo é representado ainda em vôo para lembrar a quem vê o seu papel como mensageiro. No Novo Testamento, o pombo também é o símbolo do Espírito Santo, como em Mateus 3:16.

Fatos e Eventos históricos
1835 - Entrada, em Porto Alegre, pelos Farroupilhas, vencendo o Combate da Ponte da Azenha (início da Revolução Farroupilha)No dia 20 de setembro de 1835, inicia a rebelião mais longa do período regencial, que ensanguentou o sul do Brasil. Circunstâncias históricas, sociais e econômicas e a estreita relação dos gaúchos com o Uruguai, contribuíram para que o sul conservasse a autonomia em relação ao governo do Império.
1898 - Santos Dumont realiza primeiro voo de um balão com propulsão própria.
1930 - A lâmpada elétrica é patenteada.
1990 - As Alemanhas Ocidental e Oriental são reunificadas com a queda do Muro de Berlim.
2001 - George Bush anunciou que os Estados Unidos estavam em guerra contra o terrorismo.
2005 - O ucraniano Simon Wiesenthal morreu aos 96 anos em Viena (Áustria). O sobrevivente de um campo de concentração foi o maior caçador de criminosos nazistas foragidos e chegou a criar uma rede mundial de investigações (Centro Simon Wiesenthal) para ajudá-lo na tarefa.

Roma antiga
Festival de Têmis, deusa da justiça, do destino e da profecia.

Santo do dia
Santo André Kim

60 milhões de vaquinhas de ouro jorrando moedas nos cofres do governo a cada segundo que se passa

Fonte: Imprensa Viva

Carga tributária excessiva, falta de competitividade, ganância dos empresários, margem de lucro maior do que no exterior estão entre as explicações mais comuns para explicar o fato dos carros custarem tão caro no Brasil. A indignação dos brasileiros não se limita ao alto valor dos automóveis, mas também em relação a outros bens de consumo, que na maioria dos casos, chegam a custar o dobro do preço pago por cidadãos em outras partes do mundo.

Além de sentir no bolso na hora de comprar um automóvel, o brasileiro ainda é penalizado pela precariedade das estradas, pelo trânsito caótico, pela indústria de multas e pelo famigerado Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), que chega a custar 4% do valor do bem. Isso a cada ano. De modo geral, os impostos são consideravelmente altos, levando em conta o alto valor dos veículos em comparação com a renda da maioria dos brasileiros. O país impõe ao cidadão uma das maiores cargas tributárias do mundo, enquanto na outra ponta, o retorno em benefícios fica bem abaixo da média oferecida na maioria dos países em todos os aspectos.

Nada menos do que 80% das estradas brasileiras (cerca de 1,3 milhão de quilômetros no total) não são pavimentadas. Essa proporção só se encontra em países muito pobres. No caso do Brasil, não há como explicar uma rede asfaltada tão ridiculamente baixa num país que optou no passado pelo transporte rodoviário no lugar de trens e barcos. sendo ainda a quarta a maior superfície terrestre contínua do planeta, detentor do sexto maior mercado interno de veículos do mundo.

Apesar da clareza com que é possível identificar os vários vilões por trás dos altos preços dos bens de consumo no país, as desventuras dos intrépidos consumidores brasileiros não param por aí. Continuando no exemplo dos automóveis, o cidadão que compra seu carro financiado, costuma pagar por dois carros, em virtude das altas taxas de juros em vigor no país. Como se não bastasse, o consumidor brasileiro ainda paga por uma das gasolinas mais caras do mundo. Depois vem o seguro, as revisões e outros transtornos como gastos com estacionamento, flanelinhas e o alto risco de roubo na maior parte das regiões do país.

Parece desanimador, mas ainda não acabou. Adquirir um carro não é um investimento. Um carro no valor médio de R$ 50 mil custa ao proprietário cerca de R$ 25 mil por ano, levando em consideração a depreciação do valor do bem, os gastos com seguro, IPVA, manutenção, despesas gerais e as perdas financeiras, caso o consumidor tivesse optado por investir o valor pago pelo bem.

Com tantos empecilhos, transtornos, despesas, prejuízos e dor de cabeça que a aquisição de um carro pode ocasionar, por que o carros ainda são tão caros no Brasil?

A resposta é bem simples: o brasileiro ainda paga por algo que não vale o que custa. O Estado, os fabricantes e revendedores atuam de acordo com as regras do livre mercado. Se mesmo com os altos impostos, os altos lucros e a baixa qualidade dos veículos comercializados no país, os consumidores ainda compram sem reclamar, não seria racional baixar os preços dos veículos ou de outros bens como eletroeletrônicos, eletrodomésticos, móveis e imóveis.

No caso dos automóveis, o Estado lucra tanto em tantas fontes de gastos com aquisição, manutenção, seguro, financiamento,pedágios, consumo de combustível, óleo, pneus, etc, que é como se cada carro fosse uma vaquinha dando leite para o estado. No caso do Brasil são mais de 60 milhões de vaquinhas jorrando moedas nos cofres do governo a cada segundo que se passa. É tanto dinheiro arrecadado, de tantas fontes distintas, como pedágios, multas e impostos altos, que seria até mesmo lucrativo se o Estado desse o automóvel de graça para o cidadão.

Mas o Estado e o mercado, com sua expertise milenar em forjar necessidades para arrancar o máximo do dinheiro do cidadão, não costumam ter piedade do dinheiro do contribuinte. No caso do Brasil, o país apresenta um dos menores níveis de reservas financeiras por indivíduo no mundo. O brasileiro não está acostumado a poupar, a ter dinheiro em caixa, disponível para comprar o que bem entender no momento que desejar. Quanto maior a poupança por cidadão, menores são os preços dos produtos. Quanto menos as pessoas compram, maior a concorrência, maiores são os estímulos e menores os preços. Em países onde o cidadão possui uma educação financeira razoável, o Estado e as empresas precisam se esforçar bem mais para convencê-los a dispor de seus recursos em troca de um bem que na maioria dos casos nem precisam. No caso do Brasil, o povo compra carros caros sem sequer ter o dinheiro para pagar o seguro.

A racionalidade com que os consumidores lidam com suas finanças fazem com que cada povo colha os benefícios ou os malefícios inerentes a qualquer relação de consumo. A idade média de um carro em países ricos como Inglaterra, Japão e Alemanha é superior a 11 anos. No Brasil, um país pobre, a média é de apenas 7 anos. De acordo com a empresa de consultoria IHS Automotive, a idade média dos carros no Brasil é de 6,9 anos, bem menor que nos EUA, com 11,5 anos. Na Alemanha, os carros são usados pelos consumidores durante cerca de 9,4 anos.

Isto reflete não apenas o conservadorismo dos consumidores, mas também a qualidade dos veículos comercializados no exterior. Uma coisa puxa a outra. Isto é, quanto menos se compra, menores são os impostos, os preços e maior a qualidade. Sem contar que hábitos de consumo mais racionais trazem mais benefícios ambientais. Os ganhos são efetivos para o cidadão e para a sociedade. Em outras palavras, o carro é caro no Brasil porque o brasileiro é trouxa.